visit     at the
 

HISTORY

A violência urbana, a guerra, a corrupção, a pobreza, o racismo, a desigualdade, o vício, a depressão e outras batalhas psicológicas afetam todos nós e nosso modo de vida, direta ou indiretamente. Sua música e suas palavras são, em certo sentido, inspiradas por essas lutas, mas também destacam a incrível capacidade humana de lutar, aprender, crescer e vencer.

 

A atual encarnação do SEITA é: Michel Gambini (Vocais / Guitarra), Pablo Minoli (Guitarra), Diego Gomez (Baixo) e Damian Lopez (Bateria).

 

Ao longo dos anos, a banda desenvolveu seu thrash / death metal, inspirado nos anos formativos das bandas desses gêneros. O principal foco na época era escrever boas músicas que eram indicativas de seu tempo, mas que pudessem continuar a serem relevantes. O SEITA continuou nesta tradição. Não há sequer rastross de virtuosismo técnica ou intenção  de reviver  tendências. Eles carregam com eles, uma  "bagagem" sônica, nascida de anos de dedicação e experiência na cena da música ao vivo, que vão do metal ao blues, jazz, rock e musica latina.

 

SEITA permanece fiel às suas raízes metálicas, apesar da sua eclética herança musical, e não tem qualquer intenção de comprometer seu som ao introduzir novos elementos apenas para se diferenciar do pacote. Em vez disso, eles mantêm uma conexão profunda e sincera com essas influências e sabores musicais: o resultado pode ser ouvido no lançamento do segundo álbum, MALEDICTUS MUNDI. Formado na cidade holandesa de Amsterdã em 2007, SEITA lançou um EP (Imprint Forever 2008 / self-released) e um álbum (Asymmetric Warfare 2012 / Cmm-Saol) e seguiu sua sequencia incessante de shows: desde os mais pequenos até alguns dos principais festivais da Europa, eles chegaram ao palco em 3 continentes diferentes até agora.

 

Integridade e honestidade em sua mensagem, juntamente com uma abordagem de trabalho duro, SEITA está provando, show após show, que eles são uma força crescente a ser contada.

A sobrevivência pode ser corajosa e dolorosamente reveladora da nossa verdadeira natureza. Um funcionário do escritório  pode ser transformado em um assassino psicopata, quando sua vida foi empurrada contra uma parede e a sobrevivência final é a única saída.

 

Dor a face da luta. Foi isso que forjou a música e a mensagem  desta banda. Suas experiências pessoais lhes deram a compreensão de que os humanos, por toda parte, atravessam situações e lutas semelhantes.

 

Ninguém está imune.